ABANDONO E ATRASO ESCOLAR E SUA RELAÇÃO COM INDICADORES SOCIOECONÔMICOS: UMA ANÁLISE PARA A REGIÃO SUL DO BRASIL

Rosangela Maria Pontili, Jefferson Andrônio Ramundo Staduto, Jonas da Silva Henrique

Resumo


O objetivo central deste artigo é realizar uma análise da distribuição e correlação espacial da proporção tanto de adolescen­tes que abandonaram os estudos quanto de adolescentes estudantes em situação de atraso escolar, com alguns indicadores socioeconômicos dos municípios da região Sul do Brasil. Para tanto, fez-se uso da Análise Estatística de Dados Espaciais. Os resultados mostraram que os indicadores sociais e econômicos afetam o abandono e o atraso escolar, a partir de um efeito vizinhança significativo. Entendeu-se, assim, que a decisão final dos adolescentes e de suas respectivas famílias, com relação à permanência na escola e à dedicação aos estudos, sofre a influência de um conjunto de fatores econômicos e sociais encadeados entre si. Concluiu-se, assim, que ações voltadas para estimular o nível de emprego e a atividade econô­mica, de modo especial, nas regiões em que os indicadores se apresentaram negativos, contribuem para estimular o nível educacional dos adolescentes.

Palavras-chave: Abandono e atraso escolar; indicadores socioeconômicos; análise espacial; municípios da região Sul.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/gr.vol34n101.4173

 

Indexadores de que a G&R faz parte:


   DOAJ OAIster OCLC Ulrich LiVre Redalyc  SUMARIOS.org LatindexProquest

A G&R utiliza o                software  iThenticate para detecção e  prevenção de plágio 
 

    
 
 
 
A G&R é signatária da Declaração        de São Francisco sobre Avaliação        de Pesquisa- Dora