GESTÃO DO CONHECIMENTO E AS COMUNIDADES DE PRÁTICA

Djair Pcchiai, Meire dos Santos Lopes, Paulo Sérgio Gonçalves de Oliveira Sérgio Gonçalves de Oliveira

Resumo


Um dos modelos de gestão utilizado pelas empresas
em busca de vantagem competitiva é o de
gestão do conhecimento, o qual está estruturado
a partir do capital intelectual, um bem intangível
e valor de difícil mensuração. As organizações interagindo
com o ambiente têm como objetivo absorver
informações e transformá-las em conhecimento
para formação de suas competências. As
comunidades de prática constituem-se num instrumento
importante para o desenvolvimento do
capital intelectual, e conseqüentemente de suas
competências individuais e organizacionais. As comunidades
de prática integradas a ferramentas
tais como, e-mail, internet, fóruns de discussão,
messenger e outras tecnologias de informação
promovem a criação e disseminação do conhecimento,
e com este o desenvolvimento de competências.
As empresas observadas demonstraram
nossas suposições sobre a importância das comunidades
de prática no processo de aprendizagem
organizacional.
Palavras-chave: Gestão do Conhecimento, Aprendizagem,
Conhecimento, Competências, Tecnologia
da Informação, Comunidades de Prática.

Texto completo:

PDF PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/gr.vol23n68.79

 

Indexadores de que a G&R faz parte:


   DOAJ OAIster OCLC Ulrich LiVre Redalyc  SUMARIOS.org LatindexProquest

A G&R utiliza o                software  iThenticate para detecção e  prevenção de plágio 
 

    
 
 
 
A G&R é signatária da Declaração        de São Francisco sobre Avaliação        de Pesquisa- Dora