HIPERPLASIA PAPILAR INFLAMATÓRIA: RELATO DE CASOS CLÍNICOS PAPILAR INFLAMMATORY HYPERPLASIA: CLINICAL CASES REPORT

Autores

  • Gustavo Ferri Universidade Braz Cubas
  • Daniela Pereira Gomes Universidade Braz Cubas
  • Manoela Domingues Martins Universidade Braz Cubas
  • Marco Antonio Trevizani Martins Universidade Braz Cubas
  • Ricardo Carneiro Borra Universidade Braz Cubas
  • Ricardo Raitz Centro Universitário Municipal de São Caetano do Sul - IMES

DOI:

https://doi.org/10.13037/rbcs.vol1n2.693

Palavras-chave:

hiperplasia papilar inflamatória, processos proliferativos não neoplásicos, prótese removível, prótese total, papilomatose por dentadura.

Resumo

A hiperplasia papilar inflamatória (HPI) é uma lesão que acomete o palato duro em pacientes que utilizam prótese com base acrílica removível. A etiopatogenia desta lesão está associada a próteses mal adaptadas ou com câmera de vácuo, uso contínuo das mesmas e alterações oclusais. Este estudo apresenta algumas características da lesão como: aspectos clínicos e histológicos, suas etiopatogenia e tratamento, com especial enfoque às diferentes técnicas cirúrgicas destinadas À sua remoção, comparando dois casos de HPI, sendo que em um foi realizada a remoção com bisturi elétrico e em outro com bisturi a frio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Edição

Seção

ARTIGOS ORIGINAIS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.