AVALIAÇÃO EM LARGA ESCALA NA ESCOLA: REPERCUSSÕES E DESDOBRAMENTOS NO TRABALHO ESCOLAR

Julio Gomes Almeida, Janete Ribeiro Nhoque

Resumo


Este artigo apresenta dados de uma pesquisa que investigou a percepção que professores e gestores de escolas públicas têm sobre a aceitação, pelos respectivos sistemas de ensino, dos resultados das avaliações em larga escala como indicador de qualidade, e envolveu profissionais de três escolas públicas da cidade de São Paulo.Na sua realização, foi adotada a abordagem qualitativa de cunho exploratório, complementados por um questionário versando sobre conceitos do campo da avaliação e procedimentos adotados pelas escolas, considerando os resultados das avaliações em larga escala. Utilizou-se como aporte teórico Horta Neto (2013), Domingues e Oliveira (2012), Bonamino e Sousa (2012), Bauer, Alavarse e Oliveira (2015) entre outros. A análise dos dados revela que os resultados das avaliações em larga escala vêm repercutindo na organização do trabalho escolar e, apesar de algumas repercussões negativas, podem originar medidas com vistas às melhorias educacionais voltadas para a qualidade do ensino público.


Texto completo: PDF


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0 .