Efeitos de diferentes tipos de exercício físico em portadores de HIV/Aids com lipodistrofia

Autores

  • Débora de Azevedo Rodrigues Academia Três Figueiras
  • Adriana Marques Toigo Centro Universitário La Salle

DOI:

https://doi.org/10.13037/rbcs.vol13n43.2627

Palavras-chave:

Educação Física

Resumo

Introdução: O vírus da imunodeficiência humana (HIV) foi identificado pela primeira vez em meadosdos anos 1980 e, desde então, tornou-se uma epidemia mundial. A infecção pelo HIV leva à síndrome da imunodeficiência adquirida (AIDS). A principal característica dessa infecção é a depleção dos linfócitos TCD4+, células que exercem funções reguladoras e efetoras de suma importância no sistema imunológicohumano. A depleção de TCD4+ torna o indivíduo infectado suscetível a infecções oportunistas graves. O tratamento com antirretrovirais diminuiu a mortalidade e morbidade das pessoas infectadas, no entanto, esse tratamento potente apresenta efeitos colaterais que aumentam o risco de doenças cardiovascularescomo a síndrome lipodistrófica. Objetivo: Verificar, na literatura, o efeito de diferentes tipos e intensidades de exercício na melhora das alterações metabólicas e fatores de risco decorrentes do HIV/AIDS e seu tratamento, bem como seus efeitos deletérios no sistema imunológico dos indivíduos com lipodistrofia. Método: Revisão de literatura a partir da busca de estudos anteriores em bases de dados como LILACS, Medline, PubMed, SciELO. Resultados: A adesão a um programa de exercícios físicos pode trazer benefícios tais como aumento de força, resistência muscular e cardiorrespiratória, melhorano metabolismo glicídico e lipídico, aumento na densidade óssea, melhora na composição corporal, atenuando os efeitos colaterais do tratamento e, por fim, melhorando a qualidade de vida dessa população.Conclusão: Embora os estudos revelem uma melhoria no aspecto geral da condição clínica dos portadoresde HIV/AIDS após um programa de exercício físico, não há um consenso sobre os efeitos de diferentes tipos e intensidades de exercício físico sobre a resposta imunológica desses indivíduos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Débora de Azevedo Rodrigues, Academia Três Figueiras

Bacharel em Educação Física pelo Centro Universitário La Salle, Canoas, Brasil

Professora da Academia Três Figueiras, Porto Alegre, Brasil.

Adriana Marques Toigo, Centro Universitário La Salle

Doutora em Ensino de Ciências pela Universidade de Burgos, Espanha

Professora dos cursos de Educação Física e Fisioterapia do Centro Universitário La Salle, Canoas, Brasil

Downloads

Publicado

16-03-2015

Edição

Seção

ARTIGOS DE REVISÃO