EFEITOS DO TREINAMENTO DA POTÊNCIA AERÓBIA APÓS OITO SEMANAS DE PREPARAÇÃO EM FUTEBOLISTAS PÚBERES DA CATEGORIA SUB-15 EFFECTS OF TRAINING ON AEROBIC POWER AFTER 8 WEEKS OF PREPARATION IN PUBESCENT SOCCER PLAYERS OF THE UNDER 15 LEVEL

Autores

  • Miguel de Arruda Universidade Estadual de Campinas – UNICAMP
  • Thiago Santi Maria Guarani Futebol Clube
  • Fábio Henrique Mathias Guarani Futebol Clube
  • Jefferson Eduardo Hespanhol Universidade Católica de Campinas – PUC/Campinas

DOI:

https://doi.org/10.13037/rbcs.vol6n16.370

Palavras-chave:

VO2máx, futebol, pré-temporada.

Resumo

O objetivo deste estudo foi descrever as mudanças no consumo máximo de oxigênio (VO 2máx ) após oito semanas de preparação em atletas púberes de futebol, do sexo masculino, da categoria sub-15. A amostra foi composta por 21 atletas do sexo masculino (14,39 ± 0,5 anos, para a pré-preparação, e 14,59 ± 0,5 anos, para o período após a preparação). As medidas foram realizadas no início e no final do período de oito semanas de preparação para o Campeonato Paulista de 2008 da categoria sub-15. O programa de treinamento da potência aeróbia foi prescrito com duas sessões por semana, nas quatro semanas iniciais, e uma sessão por semana, nas quatro últimas semanas, num total de 12 sessões de treinamento, contendo um volume de três a cinco repetições com três a quatro séries para intensidade de 90 a 95% do percentual do VO 2máx , com duração do exercício de 60 segundos, pausa de 60 a 90 segundos entre os exercícios e pausa de 165 a 180 segundos entre uma série e outra. Para mensurar o VO 2máx , os atletas foram submetidos ao YoYo Endurance Test nível 1, seguindo os procedimentos descritos por Bangsbo (1996). Os dados foram analisados por meio da estatística descritiva, delta percentual, e do teste “t” para amostras dependentes. O nível de significância utilizado foi de p<0,05. Entre o antes e após a preparação, foi possível verificar aumentos significantes no desempenho da potência aeróbia (12,27 ± 6,69%; p = 0,0089), demonstrando aumentos do VO 2máx de 44,90 ± 5,55ml/kg/min para 50,18 ± 5,11ml/kg/min no pós-treino. Esses resultados sugerem que houve aumentos do consumo máximo de oxigênio em atletas púberes de futebol da categoria sub-15, após oito semanas de pré-temporada. Além disso, encontram-se indícios de que o efeito de treinamento com estímulos intervalados de elevada intensidade do VO 2máx causaram aumentos efetivos na potência aeróbia dos atletas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Edição

Seção

ARTIGOS ORIGINAIS

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)