TRABALHANDO A FÍSICA MODERNA EM UM PROJETO DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA JÚNIOR: A EXPERIMENTAÇÃO DA MEDIDA DA CONSTANTE DE PLANCK NO ENSINO MÉDIO

Yuri Alexandre Meyer, Luis Fernando de Avila, Marina Feliciano Orlandini, Joel Bacellar Neves

Resumo


Este trabalho foi concebido como uma Iniciação Científica Júnior (ICJ), realizado com alunos do Ensino Médio. Foi proposta a construção de um aparato experimental de baixo custo e fácil reprodutibilidade para o estudo da Constante de Planck, através de um circuito com fotorresistor (LDR) e LEDS de diferentes cores (amarelo, azul, vermelho e violeta). Inicialmente são apresentados os aspectos teóricos da Equação de Planck, a qual deu inicio à Física Moderna no ano de 1900.  Para realização da parte experimental os alunos foram divididos em três grupos, e os resultados apresentados estão  em boa concordância com os valores encontrados na literatura. Como forma de análise de aprendizagem, além da verificação experimental da constante obtida, foi realizada uma avaliação diagnóstica aplicando quatro questões de vestibulares aos alunos da ICJ e aos alunos do terceiro ano (os quais não tiveram contato com este trabalho). O objetivo central é permitir o desenvolvimento experimental de um tema de grande relevância e o reforço da necessidade da inserção da Física Moderna no ensino médio, uma vez que  a dificuldade em discutir este tema é muito alta.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/rea-e.vol4n7.5776

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores de que a REAe faz parte: 

BBE: http://pergamum.inep.gov.br/pergamum/biblioteca/

CZ3 : http://ezb.uni-regensburg.de/

DIADORIN: diadorim.ibict.br/

Google Scholar: https://scholar.google.com.br/scholar

IRESIE: iresie.unam.mx/

LATINDEX:http://www.latindex.org/latindex/inicio

LiVre - http://livre.cnen.gov.br/Inicial.asp

SUMARIOS: https://sumarios.org

 

 

      

 

 

A REAe utiliza o software iThenticate para detecção e prevenção de plágio.