PERCEPÇÃO DE UM GRUPO DE GESTANTES DETENTORAS DE HISTÓRIA DE ABORTO EM GESTAÇÃO ANTERIOR

Danielle Lima Fernandes, Nayale Lucinda Andrade Albuquerque, Eduarda Augusto Melo, Rafaela Barbosa Silva, Eliane Maria Ribeiro de Vasconcelos, Helena Pedrosa de Oliveira Leite

Resumo


Este estudo teve como objetivo identificar os sentimentos de gestantes com história de aborto na gestação anterior. Trata-se de uma pesquisa descritiva exploratória com abordagem qualitativa desenvolvida na unidade ambulatorial do IMIP, situado no município de Recife-PE. O  número de participantes foi determinado por saturação teórica, totalizando 12 gestantes, sendo que o critério de inclusão dependia do fato de terem idade acima de 18 anos, idade gestacional entre 12 e 28 semanas e história de aborto na gestação anterior. Foram realizadas entrevistas semi-estruturadas com a questão norteadora: Como você se sente grávida? O material foi analisado através da técnica de análise de conteúdo proposta por Bardin, surgindo a seguinte categoria: O medo de um novo aborto. Concluiu-se que o medo foi o sentimento mais marcante nas gestantes com história de aborto anterior. O medo de um novo aborto esteve presente tanto nas mulheres que abortaram espontaneamente como nas que provocaram. Cabe à equipe de saúde buscar compreender os múltiplos significados da gestação para a mulher e sua família, pois traumas anteriores poderão interferir na gestação atual e no desenvolvimento da maternidade.


Palavras-chave


Aborto, Sentimentos, Gestação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.13037/rbcs.vol10n32.1592

Indexadores: