Grau de dependência à nicotina em pacientes participantes de um programa de cessação do tabagismo

Autores

  • Cláudia Rovadoschi Kretzmann Dias Enfermeira Especialista em Cardiologia pelo Programa de Pós-Graduação Lato-Sensu Enfermagem em Cardiologia do Instituto de Cardiologia / Fundação Universitária de Cardiologia– Porto Alegre, RS.
  • Karen Santana Hertel Enfermeira Especialista em Cardiologia pelo Programa de Pós-Graduação Lato-Sensu Enfermagem em Cardiologia do Instituto de Cardiologia / Fundação Universitária de Cardiologia– Porto Alegre, RS.
  • Fernanda Gregórios Enfermeira Especialista em Cardiologia pelo Programa de Pós-Graduação Lato-Sensu Enfermagem em Cardiologia do Instituto de Cardiologia / Fundação Universitária de Cardiologia– Porto Alegre, RS.
  • Evelyn Soledad Reyes Vigueras Psicóloga do Serviço de Psicologia Clínica do Instituto de Cardiologia, Psicóloga Responsável pelo Ambulatório de Cessação do Tabagismo do ICFUC. Doutora em Ciências da Saúde pela Faculdade de Medicina da PUCRS.
  • Silvia Goldmeier Enfermeira, Doutora em Ciências da Saúde: Cardiologia, Professora do Pós-Graduação Lato-Sensu Enfermagem em Cardiologia do Instituto de Cardiologia / Fundação Universitária de Cardiolgia – Porto Alegre, RS.

DOI:

https://doi.org/10.13037/rbcs.vol12n39.2105

Palavras-chave:

dependência, nicotina, doenças cardiovasculares

Resumo

Introdução: O tabagismo é um dos principais fatores de risco modificáveis para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares e é responsável por um elevado índice de morbimortalidade. O programa antitabagismo é uma das formas utilizadas para reduzir a morbimortalidade. O teste de Fagerstrom de dependência à nicotina (FTND) é um  dos testes utilizados para o rastreamento da dependência física do tabaco e utilizado em muitos países.Objetivo: Avaliar o grau de dependência de nicotina em pacientes cardiopatas atendidos em um ambulatório de tabagismo de um hospital especializado em cardiologia no Rio Grande do Sul. Métodos: Trata-se de um estudo de coorte com pacientes cardíacos participantes de um programa de cessação do tabagismo. Pacientes foram avaliados através deste instrumento no inicio e final do estudo. Para participar do estudo os pacientes deveriam ter frequentado no mínimo 3 consultas durante um ano. Resultados: Após os critérios estabelecidos foram analisados 47 pacientes (61,7% masculinos, 63,8 % infartados, idade media de 54,4 ± 7,0 anos). Dos 47 pacientes apenas 14  foram encontrados e reavaliados após um ano. Conclusão: O grau de dependência à nicotina nestes pacientes, avaliados pelo FTND reduziu a partir  do inicio da participação do programa até  um ano de acompanhamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

27-02-2014

Edição

Seção

ARTIGOS ORIGINAIS