ESTILO DE VIDA E PERFIL SOCIOECONÔMICO DE DOCENTES DOS CURSOS DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA - UFSC

Autores

  • William das Neves Salles Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).
  • Ema Maria Egerland Fundação Universidade da Região de Blumenau (FURB).
  • Mario Luiz Couto Barroso Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).
  • Christiano Andrada de Souza Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

DOI:

https://doi.org/10.13037/rbcs.vol10n34.1718

Palavras-chave:

Estilo de Vida, Fatores Socioeconômicos, Docentes, Educação Física.

Resumo

O estudo teve por objetivo analisar a relação entre o estilo de vida e o perfil socioeconômico  de docentes universitários dos cursos de Educação Física da UFSC. Participaram da pesquisa 30 professores voluntários (21 do sexo masculino e 9 do sexo feminino), os quais responderam a um questionário socioeconômico especificamente construído para a pesquisa e ao Perfil do Estilo de Vida Individual (PEVI). A análise dos dados, realizada com o auxílio do pacote estatístico SPSS (Versão 17.0), foi feita mediante a aplicação dos testes Exato de Fisher (análise das relações entre o estilo de vida e o perfil socioeconômico dos docentes), e U de Mann Whitney (comparação das médias dos grupos nos componentes do PEVI), sendo adotado o nível de significância p? 0,05.  Os resultados indicaram que houve relação (embora não significativa) entre o perfil socioeconômico e o estilo de vida adotado pelos docentes universitários. Os docentes com união estável (casados) possuíam melhores hábitos de vida quando comparados aos seus colegas de profissão sem união estável (solteiros, viúvos, desquitados e/ou divorciados). Complementarmente, percebeu-se que o fato de se ter uma renda inferior, ser mais jovem e ter menos dependentes da renda favoreceram a adoção de comportamentos e atitudes de vida mais saudáveis. Além da conscientização individual, é necessária a implantação de políticas públicas e programas de formação continuada aos docentes universitários da área, que abordem estas dimensões de maneira contínua e integrada e concretizem a adoção de hábitos comportamentais condizentes ao seu papel de educadores e de formadores de profissionais da saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

William das Neves Salles, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Bacharel em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Catarina (2011). Membro do Núcleo de Pesquisa em Pedagogia do Esporte (NUPPE/UFSC), localizado nas dependências do Centro de Desportos (CDS) da referida instituição.

Ema Maria Egerland, Fundação Universidade da Região de Blumenau (FURB).

Possui graduação em Licenciatura em Educação Física pela Fundação Universidade Regional de Blumenau (1990) e mestrado em Educacao Fisica pela Universidade Federal de Santa Catarina (2009). Tem experiência na área de Educação Física, com ênfase em  Hidroginástica, Ginástica Geral, Ritmos e Dança, atuando principalmente nos seguintes temas: ginástica Geral, alongamento, Crescimento desenvolvimento e aprendizagem, competências profissionais.

Mario Luiz Couto Barroso, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Possui graduação em Educação Física pela Universidade Federal de Santa Catarina (2004), especialização em Metodologia e Treinamento do Voleibol pela Universidade Gama Filho (2007) e mestrado em Ciências do Movimento Humano pelo CEFID/UDESC (2007). Atualmente é professor colaborador no CDS/UFSC, onde já atuou como professor substituto (bacharelado e licenciatura) nas disciplinas de Teoria e Metodologia do Voleibol, Planejamento e Organização de Eventos, Ginástica, Desenvolvimento Motor II, Esportes Adaptados, História da Ed.Física, Princípios de Conduta Profissional, Educação Física Curricular: Voleibol (masculino e feminino) e Estágio em Gestão Esportiva. Tem experiência na área de Educação Física, atuando principalmente nos seguintes temas: psicologia do esporte, voleibol, saúde, futebol e esporte.

Christiano Andrada de Souza, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Acadêmico do curso de bacharelado em Educação Física da UFSC.

Downloads

Publicado

27-03-2013

Edição

Seção

ARTIGOS ORIGINAIS